sábado, 31 de dezembro de 2011

Cornélio Procópio revela jogadores para Europa


 
Lucas Bertucci, meio-campo do Debreceni, da Hungria, é mais um brasileiro que faz sucesso nos campos da Europa. Filho do Paulo Bertucci e Tula, grandes amigos de Cornélio Procópio-PR, começou a carreira jogando futsal.

Depois foi jogar futebol de campo no Cianorte e PSTC -  Centro de Treinamento de Futebol do Paraná, foi para o Atlético Paranaense, onde conquistou uma série de títulos na categoria juvenil, entre eles Campeonato Brasileiro Sub-15, Campeonato Paranaense e a Copa Umbro.

Em 2007, Lucas foi para a Hungria por indicação do primo Leandro Marcolini, onde foi para iniciar no time de Juniores do Debreceni. 

Assim que chegou no Debreceni, Lucas foi participar de um treino com os profissionais – faltava um jogador – e não saiu mais do time.  Ele está muito bem adaptado ao futebol húngaro, sendo que já conquistou títulos, como Copa Húngara 2007, Copa Húngara /2008/09, e recentemente conquistou a Liga Húngara 2009/10.

Ping-pong

Lucas Marcolini Dantas Bertucci nasceu no dia 06/05/1989 na cidade de Cornélio Procópio.

Seus ídolos são seu primo Leandro Marcolini e o Ronaldo Fenômeno.

Trabalhou com técnicos, como Toninho Franjinha de Sertaneja, Amilton do Atlético Paranaense e Elemer Kondas do Debreceni.
  
Prêmios individuais


Artilheiro PSTC


Títulos

Campeonato Brasileiro Sub-15 Atlético Paranaense;

Campeonato Paranaense pelo Atlético-PR;

Copa Umbro pelo Atlético-PR;

Copa Húngara 2007 pelo Debreceni;

Copa Húngara 2008/09 pelo Debreceni;

Liga Húngara 2009/10 pelo Debreceni.


Fonte: arquivo do Historiador.



Leandro Marcolini

Leandro é outro procopense que atua na Europa.
Nasceu em Cornélio Procópio, dia 19 de março de 1982 e atualmente está naturalizado húngaro. Revelado pelo Corinthians, desde 1999 joga em times magiares (MTK Hungária, Büki, Szombathelyi Haladás, Ferencváros e Debreceni). Após onze anos defendendo clubes húngaros, inclusive a seleção, Leandro assinou com o Omonia Nicósia do Chipre.

Com os irmão Lucas e Felipe Marcolini Bertucci

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Brincando de Lego


O nosso amigo Levi Cristiano Sousa, da Rioprediesel Motores Com. Exp. Veic. Ltda, de Rio Preto, resolveu brincar de Lego. Desmontou sua harley inteira. Agora, está remontando a moto toda personalizada. Diz que depois de um bom tempo parado, está pronto para cair na estrada. Está todo feliz porque consegui  uma tinta original da  Lamborghini Reventon .  Veja como vai ficar a moto. 




Agora, a moto finalizada. 






terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Valdomiro e Edinho polarizam disputa em Rio Preto


O Diário da Região publicou no domingo e nesta terça-feira o resultado de uma pesquisa eleitoral e de avaliação da administração municipal de São José do Rio Preto realizada em parceria com o Instituto UP. O jornal cumpre com o seu papel de principal veículo de comunicação impressa da região Noroeste do Estado de São Paulo e acaba com uma série de boatos em torno das pré-candidaturas colocadas até o momento no cenário eleitoral da cidade. 

Abaixo o quadro apontado pela pesquisa do Diário. Clique na imagem para ampliá-la.


Numa avaliação global da pesquisa, pode-se dizer que o prefeito Valdomiro Lopes (PSB) foi o grande beneficiário. Está à frente na corrida eleitoral e com uma administração aprovada pela população. Isso depois de enfrentar uma onda de protestos, coordenada pelo movimento Vergonha Rio Preto. Olhando de fora, pode parecer que um empate técnico com o ex-prefeito Edinho Araújo é muito pouco. A verdade é que Valdomiro enfrentou uma série de dificuldades no inicio de seu governo e que a sua administração passou a ser vista com bons olhos mais recentemente.

Para o ex-prefeito Edinho Araújo (PMDB), quase 30% de intenção de votos três anos depois de ter deixado o governo também é significativo.   A disputa eleitoral do ano que vem deverá ficar polarizada entre Edinho e Valdomiro, com João Paulo Rillo (PT) correndo por fora.

Análise das candidaturas

Valdomiro Lopes – O atual prefeito Valdomiro Lopes, que vai para a reeleição, é um profissional da política. Sabe onde pisa e como atingir seus objetivos. Leva uma grande vantagem em relação aos concorrentes: tem a máquina da Prefeitura de Rio Preto em suas mãos. E sabe como usá-la.
Valdomiro aparelhou a prefeitura com pessoas de sua confiança e loteou cargos com os partidos aliados. Terá um exército de cabos eleitorais nas ruas querendo garantir o emprego. Está fazendo uma administração sem grandes tropeços. No caso Tavolaro, agiu corretamente afastando o assessor, tirando o seu governo do foco do escândalo. Enfrentou as manifestações contra sua administração sem perder a calma. São todos pontos positivos.
No momento, é o mais organizado para enfrentar a disputa. Conseguiu amarrar um grande leque de partidos para apoiá-lo, esvaziando, inclusive, as candidaturas adversárias. Já tem uma grande agência, a GW, traçando as estratégias da sua campanha. Ocupou as redes sociais. Turbinou a publicidade da administração municipal. Terá quase R$ 5 milhões, ano que vem, para divulgar seus feitos administrativos.
Contará com o apoio do governo do Estado. O vice será do PSDB, provavelmente Ivani Vaz de Lima.
Tem mais - O período de maldades já passou. Daqui para frente é só bondades. Exemplo: diminuição do preço da passagem da Circular. Tem uma série de obras para inaugurar. E, o que é importante: está com caixa para a campanha. Alguém duvida que grandes empreiteiras vão colocar dinheiro na campanha de Valdomiro?

Edinho Araújo – Outro profissional da política. Raramente perde uma disputa eleitoral. Sabe fazer campanha e cresce na disputa. É bom de vídeo, de comício e de debate. Um político extremamente disciplinado. Faz política 24 horas por dia.
É o candidato do PMDB, só isso já lhe garante um bom tempo de TV. Preferido da classe média e dos ditos formadores de opinião. Já tem uma equipe praticamente montada para disputar as eleições. Conta com a Preview à frente do marketing eleitoral.
Atualmente, tem utilizado as redes sociais e free mídia para divulgar seu trabalho como deputado federal.
Edinho, porém, perdeu importantes companheiros e apoiadores nos últimos anos. Um pessoal que não sabia o que era mau tempo. Que suava a camisa para elegê-lo. Terá de recompor seu grupo e demonstrar para os apoiadores financeiros que entra com grandes chances de vencer. Continua um dos favoritos para vencer as eleições do ano que vem. 
João Paulo Rillo – Por pouco não derrotou Valdomiro Lopes na eleição passada. Deputado estadual eleito com uma excelente votação. Tem feito um bom papel na Assembleia Legislativa onde é o Líder da Minoria. Aparece com uma boa intenção de votos.
É do partido da presidente Dilma e vai para a disputa com apoio das lideranças do PT. São José do Rio Preto é considerada estratégica. Terá uma grande estrutura para sua campanha e representa a renovação na política rio-pretense. Caso consiga convencer o ex-prefeito Manoel Antunes (PDT) a apoiá-lo, entra na disputa em igualdade de condição com Valdomiro e Edinho.
Estão todos de olhos nele.

Manoel Antunes – No momento, tem 10% dos votos de Rio Preto, ou seja, 25 mil votos. Esses votos estão basicamente concentrados na Zona Norte de Rio Preto, a mais populosa. Eleitores extremamente fiéis, que podem decidir uma eleição num segundo turno. É inimigo de Valdomiro Lopes, amigo de João do Paulo e começa a ser elogiado por Edinho, com que as relações já foram piores.

Demais candidatos – Quanto às demais candidatos, vale destacar o 1,5% de Fernando Lucas (PRP). São quase quatro mil votos e podem crescer. Numa disputa acirrada de segundo turno, poderá fazer uma boa negociação.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Sport`s Motos reúne os amigos na Andaló, em Rio Preto


O nosso amigo Ricardo, da Sport`s Motos, reuniu os amigos no sábado para uma grande confraternização, em frente a sua loja na avenida Alberto Andaló, em Rio Preto. Cerveja gelada, rock, churrasco, dezenas de motociclistas e algumas garotas – todas muito bonitas. Muita gente boa, num grande clima de amizade.

Sport`s Motos – Avenida Alberto Andaló, 3715, São José do Rio Preto/SO. Fone: (17)3301-4146















segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Oficina de motos do Eduardo comemora 21 anos






Uma das melhores oficinas de moto de Rio Preto, a Piaggio Motopeças, do nosso amigo Eduardo Victoreti (foto), acaba de comemorar 21 anos de sucesso. Eduardo reuniu clientes e amigos para um churrasco, com muita fartura de carne e bebida. Tinha até banda de rock. Todas as tribos compareceram, de harleyros a bikeiros, a exemplo do ano passado. A oficina do Eduardo fica ao lado de um dos mais tradicionais bares de Rio Preto, o Pitú – a lingüa à milanesa é sensacional e os salgados, os mais famosos da cidade.

A oficina fica localizada na rua Coronel Spinola de Castro, 5204. Fone: (17) 3234-3621.

domingo, 11 de dezembro de 2011

King Company, de Rio Preto, estreia espetáculo Kabukiza





Francine Moreno           

Existem vários estilos de Kabuki (teatro japonês), mas os sinais mais característicos são os movimentos exagerados e poses intensas. O realismo não faz parte das intenções e o que importa são a expressões corporais. Mergulhada neste universo, a Cia. King Company, de Rio Preto, criou “Kabukiza”, espetáculo que estreou ontem,  no Teatro do Sesc Rio Preto.

Com 40 minutos de duração, a peça marca a estreia da companhia. No entanto, seu diretor, Gerrah Tenfuss, e o elenco formado por Pedro Gabriel Torres e Ronaldo Celeguini, são experientes e conhecidos pelo público rio-pretense. “Kabukiza” é um espetáculo metalinguístico e demonstra o que é o Kabuki. Em cena, todos os movimentos são originários do teatro japonês.

A montagem busca explicar as diferenças culturais e raciais. “O espetáculo faz uma metáfora sobre o próprio teatro e os rumos do teatro contemporâneo”, afirma Tenfuss. Segundo ele, o espetáculo possui uma linguagem pós-dramática. “Prioriza a didática e possui uma dramaturgia inusitada, muito diferente do convencional. Tem bom humor e flerta com jargões da cultura pop e cinematográfica, e delineia as técnicas essenciais do teatro oriental.”

“Kabukiza” rompe com o conceito de personagem. “O pós-dramático se aproxima da performance, ou seja, os atores são eles mesmos em uma situação estética”. Pedro Gabriel Torres é quem conduz a linha do espetáculo e demonstra as técnicas do Kabuki. Ronaldo Celeguini fica responsável pela trilha sonora ao vivo, e também dá apoio às demonstrações de Torres.

Esteticamente, “Kabukiza” rompe também com a cenografia clássica. “Privilegia o espaço vazio, o silêncio e a escuridão radical”, afirma Tenfuss. Ele diz que o texto foi composto pelos atores. “É a primeira vez que trabalhamos assim, gerando uma dramaturgia própria e radical.” Tenfuss conta que o convite para fazer “Kabukiza” foi feito pelo ator Pedro Gabriel Torres. “Sempre foi um desejo dele trabalhar com aspectos desta arte japonesa, o Kabuki.

O convite veio porque tenho uma relação com o oriente, por ter estudado por muito tempo o butoh”, afirma. Tenfuss mergulhou nas estéticas do butoh (uma outra dança japonesa) e na relação com objetos na performance-instalação “Mel”. O processo de criação de “Kabukiza” começou há cerca de dois anos, quando os integrantes começaram a discutir e experimentar possibilidades. Mas se efetivou de fato nos últimos cinco meses.

Tenfuss afirma que a experiência de dirigir e atuar são completamentes diferentes. “O palco é o lugar do ator. A direção é um trabalho que antecede, que estabelece as bases pelas quais o espetáculo percorre, os trilhos”, afirma. Para ele, que já havia dirigido seus próprios monólogos, é uma experiência única. “Estou dirigindo um duo e não estou em cena, portanto, a relação é outra”. Tenfuss trabalhou também numa espécie de consultoria dramatúrgica e estética do espetáculo.

“Kabukiza” já foi encenado no Sesc como uma cena curta, uma esquete. A apresentação aconteceu dentro da mostra Curta Teatro, em agosto deste ano. “Naquele evento, era uma espécie de experimentação da dramaturgia. Mas agora é a estreia oficial, o espetáculo completo, mais aprofundado.” Juliana Calligaris, que foi debatedora do Curta Teatro, escreveu na época uma crítica sobre o que viu.

“O espetáculo apresenta o Kabuki como se fosse um documentário em inglês (que é a atual língua universal), sobre as técnicas deste tipo específico de linguagem teatral, metamorfoseia, transpõe o limite do cultural e nos apresenta de forma natural, didática e mastigada antropofagicamente as linhas do gestos e das forças ideológicas e sentimentais envergadas pelos tipos de personagem deste tipo de espetáculo.”

O título da peça é uma homenagem ao lendário Teatro Kabukiza, no bairro de Ginza, em Tóquio, que foi demolido no ano passado. A destruição da casa foi um choque para os japoneses.

Ficha técnica
Concepção / Texto / Performance: Pedro Gabriel Torres
Direção: Gerrah Tenfuss
Figurinos e adereços : King Company
Concepção e operação de luz: Gerrah Tenfuss
Fotografia: Jorge Etecheber e Marcelo Araújo
Design gráfico: Deise Goulart

Fonte: Diário da Região


segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Janeiro Brasileiro da Comédia seleciona espetáculos 2012


Camila Moreira     
          
O festival teatral Janeiro Brasileiro da Comédia (JBC), de Rio Preto, recebeu 96 inscrições de 11 Estados para a sua 10ª edição, comemorada neste começo de 2012. A partir de amanhã (6) começa a seleção dos espetáculos para a grade do festival.

A sua primeira edição foi realizada em 2002. Na época, o secretário de Cultura Ruy Sampaio (foto) atentou para a agenda de janeiro do Teatro Municipal “Humberto Sinibaldi Neto” e que não havia nada marcado para o mês. Na tentativa de ocupar o mês com uma programação diferenciada Sampaio e o então diretor do Teatro Jorge Vermelho elaboraram o JBC.

A iniciativa deu certo, tanto que hoje o festival é referência para comediantes de todo o Brasil. Reforçando, assim, a participação de Rio Preto no cenário teatral do país, já que a cidade também sedia o Festival Internacional de Teatro (FIT).

JBC 2012

O Janeiro Brasileiro da Comédia 2012 acontece de 21 a 30 de janeiro, nos Teatros Municipais “Humberto Sinibaldi Neto” e “Nelson Castro” e em espaços alternativos. Os espetáculos selecionados receberão cachê de R$ 3 mil por apresentação, além de ajuda de custo.

O estado de São Paulo foi o que obteve o maior número de inscritos (59), seguido pelo Rio de Janeiro (12), Paraná (6), Rio Grande do Sul (6), Rio Grande do Norte (3), Distrito Federal (3), Santa Catarina (2), Minas Gerais (2), Ceará (1), Paraíba (1) e Piauí (1). Dentre as inscrições do Estado de São Paulo, seis são de Rio Preto.

Fonte: Diarioweb

terça-feira, 29 de novembro de 2011

AMA e Mirassol F.C. irão implantar escolinhas de futebol nos municípios da região em parceria com universidade



O Secretário Estadual de Esporte, Lazer e Juventude, José Benedito Pereira Fernandes, confirmou a presença no lançamento do projeto SERLEÃO
 
Nesta quarta-feira (30/11), às 19h30, no Buffet Dalila, em Rio Preto, o Mirassol Futebol Clube e a AMA – Associação dos Municípios da Araraquarense irão apresentar o projeto SERLEÃO. O presidente da AMA – Associação dos Municípios da Araraquarense, Alberto Caires e o presidente do Mirassol Futebol Clube, Edson Antonio Ermenegildo, fecharam uma parceria para implantar o projeto SERLEÃO. A ideia é criar escolinhas de futebol nos municípios da AMA, sob a supervisão da Universidade de Criciúma. “Mais que uma escolinha, o SERLEÃO é um projeto que visa à formação do cidadão”, declarou Ermenegildo.

O lançamento contará com a presença do Secretário Estadual de Esporte, Lazer e Juventude, José Benedito Pereira Fernandes, atletas, patrocinadores, prefeitos e autoridades da região administrativa da AMA.

Pelo projeto, os municípios, por meio das prefeituras, oferecem toda a infra-estrutura necessária para a implantação das escolinhas, como campo de futebol e vestiários. As prefeituras também irão fornecer o material humano. Os técnicos de futebol dos municípios serão capacitados e reciclados por profissionais do Mirassol. Tudo sob a supervisão da Universidade de Criciúma.

O projeto SERLEÃO também conta com o patrocínio de empresas da região que irão oferecer o material esportivo para as crianças.  Os atletas passarão por avaliação física, escolar, psicológica. O objetivo do projeto, além de descobrir novos talentos, é promover a saúde educação e realização de crianças e adolescente por meio do esporte. “Hoje, uma das maiores preocupações dos pais trabalhadores é com o tempo ocioso das crianças. As escolinhas vão dar ocupação sadia para os jovens, tirando-os das ruas. Outra vantagem é o realizador do projeto, o Mirassol Futebol Clube. Por ser da nossa região, permite um acompanhamento mais próximo dos pais”, declarou Alberto Caires.

Atualmente, 122 municípios fazem parte da AMA. Segundo a diretoria do Mirassol, a parceria com a associação é fundamental para o sucesso do projeto. “A proposta não é ficar garimpando futuros jogadores de futebol, mas caso apareça alguém com talento e disposto a investir na profissão, esse jovem poderá fazer parte da Escolinha de Base do Mirassol”, explicou o presidente da AMA. 

                                  Garota Mirassol

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

MC Melhor que Nada, de Araraquara, comemora 10 anos


 
Moto Clube Melhor que Nada
Período: 25 a 27
Local: Sede do Melhor Que Nada M.C (Rodovia Washington Luiz - Km 275)
Cidade: Araraquara
Contato: Jaime
Telefone: ( 16 ) 9117-4009 / 8132-6665
Organização: Moto Clube Melhor que Nada
Observações: Entrada com 50% para MCs

Neste sábado, tem festa da imprensa em Rio Preto


Clique na imagem.

Dia 27/11, tem enduro de bike em Rio Preto


 
É neste final de semana a final da Copa Noroeste de Enduro de Bike. A prova tem a largada da Swift e percorrerá trilhas da região da represa de Rio Preto. Com o campeonato disputadíssimo nas categorias Elite e Equipe, esta prova promete muita adrenalina e emoção. A premiação da copa acontecerá na Casa do Cupim e contará com uma novidade, que será a premiação da Copa Território Brasil de Trekking no mesmo dia, contando assim com um publico maior no local. Aguardamos todos na final da copa e na festa de premiação dos Campeões.